26 de maio de 2011

Superação de mãe e filho !

Oi gente,tudo bem com vocês ?
Desculpem a demora,sei que prometi postar logo,mas nao consegui !
Hoje eu,Anna Rhinow, vim postar a história de um amigo meu chamada Andrey,ele vai contar sua super história de superação juntamente com sua mãe ,Mara ,antes de eu falar qualquer coisa olha o depoimento dele gente !
"Ooi pessoal do blog, meu nome é Andrey, Moro em Porto união, santa Catarina, tenho 18 anos atualmente, uma irmã de 13, e venho aqui escrever uma parte bem complicada da minha vida, tudo que aconteceu com minha mãe, e que ainda acontece, mas tenho certeza que é uma prova que com muita força tudo pode ser superado.
Bom, começando a alguns anos atrás, por volta do ano de 2006, não lembro exatamente, minha mãe, Mara, estava com muitas dores no útero, e em toda a área do mesmo, e foi fazer alguns exames, ver como ia tudo, acabou descobrindo um mioma no útero e uma cirurgia foi marcada, aproveitando que exames eram feitos, foram feitos os exames de rotina e alguns nódulos no seio direito foram desconsiderados. A cirurgia aconteceu em julho de 2006, remoção do útero todo, parte das trompas uterinas, e um dos ovários. Cirurgia muito bem sucedida, tudo como deveria estar e o parecer de que tudo estava resolvido.

Continuando a vida, já no ano de 2010, minha mãe estava dirigindo, como de costume, indo em uma das empresas que faz visitas, e um menino se atravessa na frente dela de bicicleta, ela freia o carro, uma Fiat Strada, que perde a estabilidade e roda, caindo com a frente em um barranco, conseguiu desviar do menino da bicicleta que foi embora, e graças a alguns arbustos nada aconteceu a ela, apenas o susto. O acidente de carro passa a ser importante a partir do momento em que ela começou a sentir dores no seio, não muito fortes, mas algo que incomodava, algo que começou depois de ter esmagado o seio contra o volante no dia do acidente. Dores estranhas, melhor ver o que é, mais uma vez exames, mamografia, que virou preocupação, os nódulos que até 2006 não foram considerados ameaça, estavam grandes, o que virou uma preocupação, e diversos outros exames foram feitos, entre eles alguns exames de sangue, onde quase tudo estava normal, e apenas um tal de CEA estava alterado, bem mais alto que o normal, mas na hora que abrimos o exame não foi motivo de preocupações, para leigos ter algo acima do normal era bom, e então os exames foram levados ao médico responsável que acabou dando a noticia, e pedindo mais uma bateria de exames, CEA é o Antígeno Carcinoembrionário, melhor explicando, é o nível em que a doença está “atacando” o corpo. Biopsia feita, Quimioterapia vermelha necessária, Cancer de mama. Cintilografia óssea feita, Metástases na coluna, fêmur e bacia. Susto, muito grande, mas depois de mais algumas recomendações médicas foi começada a quimioterapia, 6 seções, logo na primeira um grande susto, a baixa da imunidade deixou minha mãe de cama. Nunca tinha visto minha mãe de cama. Na segunda seção, foram os cabelos, caíram todos eles de uma só vez, e mais uma vez o grande susto da baixa de imunidade. As seções eram feitas a cada 21 dias, e nesses 21 dias o único dia que minha mãe faltava o trabalho era o dia em que era realizada a quimioterapia, pelo simples fato de ela não fazer aqui na cidade onde moramos. E La vamos nos para a terceira seção, minha mãe já completamente sem cabelos, já sentindo muito medo de cada seção de quimioterapia, mas com certeza forte como um touro, novamente brigando com o câncer, brigando pelo bem dela, com o apoio de cada familiar, de cada amigo. As seções foram acontecendo uma a uma, sempre com alguns sustos de quedas de imunidade, mas que foram diminuindo com o tempo. Hoje, minha mãe já completou o tratamento das quimioterapias, o cabelo dela já voltou a crescer, ta curtinho ainda, mas logo logo vai estar como antes. Mas nem tudo está acabado, e parece que nunca nada disso será esquecido, minha mãe vai ter de fazer uma cirurgia, ainda esse ano, pelo que parece vai ser marcada para julho, para a remoção do pouco que sobrou em seu seio. As metástases, pelo fato de serem nos ossos, não vão sumir, e por isso ela vai ter que tomar todo mês uma injeção de Zometa, basicamente cálcio para fortificar os ossos. Com certeza foi o fato dela acreditar que tudo ficaria bem, que fez ela estar firme e forte aqui, até hoje.
Por experiência própria, sei o quanto é difícil, sei o quanto parece que vai faltar força, sei bem o como é ver alguém muito próximo passando por coisas tão difíceis, mas fica a dica, do menor ao maior problema sempre o que as pessoas precisam é do apoio chamado carinho, o apoio chamado amor.
Nem todas as pessoas vencem todos os desafios, mas só as que tentam podem superar. Aos que já passaram e entendem minha historia, muito obrigado por ler, aos que talvez estejam começando agora a passar por algo parecido, força, muita força, basta acreditar. E claro, as donas do blog, Anna e Ana, muito obrigado pelo espaço aqui, e meus sinceros parabéns pelo trabalho de vocês aqui, tenho certeza que cada historia aqui presente vai ensinar muito a qualquer pessoa que ler, tenho certeza que aqueles que já passaram lêem tudo aqui e procuram apoiar, aqueles que estão começando a enfrentar um problema criam coragem e força para enfrentar tudo, e também aqueles amigos que acabam aqui descobrindo os desafios que as vezes a vida coloca.
Fica por aqui essa parte da minha história, abraços a todos, e lembrem, muita força!"
Antes de mais nada,olha a fotinho da LINDA da Mara :



Viram só gente ?
Andrey e Mara,eu desejo tudo do bom e do melhor pra vocês,vocês merecem e a família de vocês tambeem !
E pessoal,acho que o texto fala por si só !
Andrey,sem palavras pra agradecer o favor e poder postar a sua história tabom ? de verdade !
Se cuidem gente,beeijão !

Um comentário:

Adolescentes Superam © 2014 . POWERED BY BLOGGER . ILLUSTRATION BY BELL MITYSHU . THEME BY LALONITA e LARISSA BÉS