14 de outubro de 2014

Querida Rotina

Na última semana muitas coisas boas aconteceram comigo e quero compartilhar algumas delas com vocês.

Na foto acima quero começar falando sobre a Laurinha e a Wanessa,a mamãe guerreira que tive a honra de conhecer.Duas amadas,que eu admiro muito. Para vocês terem alguma noção do porque: Wanessa descobriu câncer de mama aos 19 anos de idade (quase a idade que tenho hoje) se tratou e curou. Se passaram 11 anos quando a guerreira descobriu estar grávida,mas logo na primeira consulta do pré natal foi descoberto a recidiva do seu CA de mama. E com uma enorme força, determinação e amor a Laurinha nasceu perfeitinha e apesar de ter feito as quimios junto com a Wanessa nasceu cabeludinha! Essa superação apareceu no Fantástico

Eu conheci a Laurinha e a Wanessa em uma palestra para falar sobre a prevenção do câncer de mama,que uma querida amiga me convidou para participar falando um pouco sobre meu tratamento e superação. 

Com certeza são esses momentos que me completam e me deixam realizada,onde eu sei que abrir minha vida e minha história vão fazer alguma diferença e tocar a vida das pessoas,que é o que eu mais quero.

Semana passada também fiz a primeira limpeza do cateter.Um sentimento de alívio e felicidade misturados, pois chegar na clínica e saber que não seria preciso quimioterapia simplesmente não tem preço. 
                                     

Claro que o vídeo está mais rápido,mas foi mais ou menos assim que eu me senti na hora,tudo passou tão rapido que eu nem percebi o tempo passar. Eu aproveitei o tempinho que sobrou e fui visitar alguns amigos que eu estava com saudades... Participei desde um treinamento de incêndio até uma cavalgada rápida haha 

E não poderia de maneira alguma deixar de contar para vocês a conversa que tive com um senhor chamado Bertolino na volta da viagem,a qual mexeu muito comigo. Eu estava de lenço,e logo que sentei no lado dele ele perguntou se eu havia perdido os cabelos,eu afirmei,e nisso ele começou a desabafar. Ele disse que ficava triste sempre que via alguém com câncer porque lembrava da sua mullher.Ela morreu fazem 7 anos quando lutava pela volta do seu CA de mama. O que mais me tocou não foi ele falar que ficava triste ao lembrar da luta dela,mas ele me mostrou aquele amor verdadeiro,aqueles que a gente acha que não existem sabe? Ele contou que teve 6 filhos,e que ela era o amor da vida dele. Ele achava que seria melhor o marido morrer antes, do que a esposa,porque ele simplesmente não conseguiu se encontrar e seguir a vida sem ela. Foi tão lindo e me fez mais completa em ter a oportunidade de saber de uma história tão linda de amor como essa,que vou levar para sempre no meu coração.

Hoje começei a fazer a bateria de exames que é necessária para confirmar o fim do tratamento,assim que eu terminar e tiver os resultados eu venho aqui contar pra vocês!

AH! E logo,logo tem uma campanha no blog,com direito a camiseta e tudo,se preparem porque eu quase não aguento de ansiedade! Muito amor e beijos amados,fiquem com Deus e ótima semana!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adolescentes Superam © 2014 . POWERED BY BLOGGER . ILLUSTRATION BY BELL MITYSHU . THEME BY LALONITA e LARISSA BÉS