26 de fevereiro de 2015

Cateter

Oi amados, falei que viria falar sobre o cateter e cá estou eu.
Quero pedir desculpas mais uma vez por não estar sendo tão assídua aqui no blog, mas admito que estou um pouco desanimada para falar desse tal de câncer. Mas vamos lá!

O cateter é usado nos tratamentos do câncer para dar mais segurança e qualidade para o paciente receber os medicamentos, no caso a quimioterapia. A colocação dele depende de como é o acesso venoso do paciente( como são as veias dele, se consegue achar fácil, coisas assim), e também depende do protocolo de quimioterapia, se são muitos dias, se é muito forte...

Existem basicamente dois tipos de cateter:
O Port-A-Cath(que é totalmente implantado), e o Permcath que eu diria fica um tanto para fora haha e é usado em transplantes..

Eu tenho o que é totalmente implantado, ou seja fica totalmente dentro do meu corpinho. Ele é assim:

Eu acho um tanto quanto estranho imaginar que tem uma coisa assim dentro de mim, mas ok!

Entre as vantagens de ter o cateter está a duração dele, posso ficar até 10 anos com ele implantado(limpando sempre,claro) que não tem problema; Menor risco de infecção; Dispensa uso de curativos; E faz com que o tratamento seja mais eficaz, pois não fica tão dolorido, não causa flebite entre outros probleminhas que se receber quimio na veia você pode acabar tendo.

     Tá Anna,mas porque não colocou o cateter no primeiro tratamento? 

Pois bem, primeiro por eu ser mais nova, e a quimioterapia que recebi era mais "tranquila", minha médica optou por não implantar, e graças a Deus consegui terminar bem o tratamento. Claro, hoje sofro um pouco para achar acesso venoso porque as quimios realmente assustram minhas veinhas e elas tem medo de receber o medicamento de novo.

Falei uma vez sobre a punção do cateter aqui no blog(vídeo da punção está lá -  para os que não gostam de sangue melhor não ver), que é a hora que a enfermeira coloca a agulha no cateter, porque como ele fica embaixo da pele, o medicamente tem que chegar nele de alguma forma né? E como esse povo adora furar a gente(brincadeirinha) tem que ser puncionado.

    E o que é a limpeza que você vive falando que vai fazer, e para que serve?

Então, para ele durar todos os longos 10 anos - espero não ficar tanto tempo com ele né - ele não pode ter sangue coagulado, e deve sem bem cuidado, porque caso eu precise usar ele de novo, precisa estar pronto para receber a medicação.Caso contrário não vale nada ter ele ali parado. A limpeza é um tanto rápida, a enfermeira(o) limpa toda a região da pele, para não ter o risco de infecção, e da aquela picadinha, ai ela tira o sangue que ta ali parado, passa um sorinho, coloca heparina(que é o que não deixa coagular), e tira a agulha e pronto, lá está a Anna um mês livre de agulhas.

Para vocês entenderem melhor, fiz a limpeza e pedi para a Lica querida explicar o passo a passo:

                                    
Vocês perceberam que ela não colocou heparina né? Ela me explicou depois que não é mais usado, pois esta comprovado que não é necessário e o uso contínuo de anticoagulante no organismo também faz mal, então é só o soro mesmo que é usado na limpeza.

Hoje de manhã, fiz alguns exames e essa limpeza que vocês viram ai, e como já falei fico super angustiada né? Ai acabei surpreendida por uma galera muito, mas muito querida mesmo, galera do bem
 E olha só o que eles fizeram para animar a manhã no hospital:

                                  

Bom amados, espero que possa ter acabado com as dúvidas de vocês depois desse vídeo, qualquer coisa já sabem que podem me perguntar! Muitos abraços e beijos! Se cuidem..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adolescentes Superam © 2014 . POWERED BY BLOGGER . ILLUSTRATION BY BELL MITYSHU . THEME BY LALONITA e LARISSA BÉS