12 de abril de 2015

Madrugada

São quase 3 da manhã e eu não consigo dormir. Mais uma linda e amada guerreira se foi e eu não sei mais como agir e ser forte. Admito que sempre falei em ter fé e acreditar no melhor, mas nas últimas 2 semanas foram 3 pancadas, 3 guerreiras que não conseguiram vencer o câncer.

Minha vó não fala o nome "daquela doença", ela diz que quanto mais longe melhor, assim não "chama", e eu a poucos dias discordei e tentei mostrar meu lado pra ela, falei que enfrentar era melhor, mas agora eu já não tenho mais tanta certeza.

Cansei de tentar vencer essa coisa, cansei de ser forte, eu não sei mais ser forte, não sei como agir agora, não sei. Eu sei que eu tô aqui, viva, mas elas e muitos outros não mais. 

Podem me falar: mas faz parte Anninha, é a lei da vida, claro que é, mas sinceramente? Acho que o que mais me dói, é que sempre quando eu tô recuperando o fôlego pra retomar minha vida, essa coisa aparece de novo, e eu simplesmente não estou sabendo lidar com a morte.

Quero uma vida normal, quero uma vida mais simples. Parece que não me reconheço falando isso, mas estou paralisada, sem saber seguir, sem saber o que fazer. Tenho medo. 19 anos, e hoje pensando no meu futuro eu sonho com minha família e todos os planos que todo mundo faz normalmente, e amo isso, mas ai vem essa nuvem negra chamada câncer e assusta, bagunça todos esses meus sonhos.. eu preciso achar um jeito de afastar isso e organizar tudo.

Tô machucada por lutar e achar que venci, mas ver que ao meu lado muitos perdem. E isso não é vencer pra mim, quero o bem de todos,quero saúde para dar e vender... Preciso de bandeira branca nessa correria de luta e superação;

Já me perguntaram do por quê eu estar aqui e elas não,e a resposta é: Eu não sei porque, não sei porque lutei duas vezes e consegui duas novas chances de viver e elas não conseguiram, mas eu juro que dei o meu melhor não só por mim, mas por elas e todos que me pedem ajuda(e os que não pedem também).

Sobre o fato de ver sempre o lado bom nas coisas: Quimioterapia e todo o tratamento não são legais e não precisar enfrentar tudo isso e descansar deve ser muito bom, é nisso que tô tentando me apegar.

Me desculpem desabafar sobre essa minha fraqueza, creio que todos tem, e perder quem eu amo e me preocupo é uma das piores, que mais mexe comigo. Então peço a ajuda e o apoio de vocês mais uma vez, a superação vai vir, tenho fé, eu só não sei quando e nem como. Bom domingo pra todos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adolescentes Superam © 2014 . POWERED BY BLOGGER . ILLUSTRATION BY BELL MITYSHU . THEME BY LALONITA e LARISSA BÉS