18 de abril de 2017

Injustiça

Me sinto injustiçada...
Por todos aqueles que defendem a constituição, esta que diz que a saúde é um direito essencial e é dever do Estado propiciar medidas sociais e econômicas que garantam as pessoas o acesso universal e igualitário as ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação. Mas infelizmente não é nossa realidade.
Me sinto injustiçada porque perdi amigas queridas como Polyana Dias e Marisa Viana por causa de uma maldita resolução do governo de São Paulo que "orienta" os médicos a não prescreverem medicamentos de alto custo, sob pena de precisarem ressarcir o governo. Governo esse que no dia a dia ganha milhões em impostos para destinar a esses medicamentos.
Me sinto injustiçada, porque se fosse esperar o famoso sistema único de saúde - SUS, provavelmente não estaria aqui contando histórias.
Me sinto injustiçada porque vejo muitos guerreiros esperando vagas para internamento e precisando até mesmo lutar na justiça por um transplante.
Me sinto injustiçada pois sei que pacientes da rede pública não recebem as mesmas quimios que eu recebi, porque eles precisam trabalhar e não ser afastados, "folgados".
Me sinto injustiçada acima de tudo, porque vejo poucos(a minoria da minoria) políticos me representando.
Me sinto injustiçada porque mesmo vendo esse circo e as barbaridades acontecendo, sou uma só, e a sensação de impotência tem dominado.
Enfim, oro e espero que no fim à justiça seja feita e possamos ter um bom sistema de saúde. E falo mais da saúde porque eu sei o que é ter um câncer e ter medo de não conseguir viver e lutar por todo o resto. Aqui vale todas as vezes que escutei - e concordo - saúde é o que importa, o resto a gente corre atrás.
"Desisti de querer mudar o mundo, mas ainda estou comprometida em ser alguém melhor para ele."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adolescentes Superam © 2014 . POWERED BY BLOGGER . ILLUSTRATION BY BELL MITYSHU . THEME BY LALONITA e LARISSA BÉS